Código: 494

A NEVE ILÍCITA

Bookmark and Share

Referência: 85-86372-96-


Por:
R$ 32,00

ou 3x sem Tarifa de R$ 10,67
 
Simulador de Frete
- Calcular frete

Com quantos invernos se faz uma vida?

Com quantos instantes se tece um presente? Com quantas paisagens em desamparo se constrói uma cidade? Essas e outras indagações perpassam obliquamente os contos deste belo livro de Prisca Agustoni — escritora que, munida de uma linguagem de sutilezas, inventa suas próprias possibilidades narrativas no ato de extrair da realidade mais prosaica epifanias e assombros.
O requinte do vocabulário, a costura íntima dos detalhes, o exercício da leveza e o ritmo aliciante dos enredos conjugam-se a uma dicção poética que confere ao conjunto uma força de expressão capaz de provocar atos internos no leitor. Percebe-se que em cada texto o trabalho com a palavra se sustenta da tensão entre a experiência vivida e um dizer que a transfigura, convertendo um acontecimento banal como, por exemplo, o estalo de uma porcelana, em uma inesperada revelação.
Os personagens dos contos são sempre “eus” não-nomeados que, sob “o amparo das dúvidas”, encenam uma subjetividade errante, em estado de quase extravio. Alguns se refugiam em “cidades secretas da memória”. Outros, reféns de si mesmos, procuram saídas em estações de trem, mas sem nunca encontrá-las. Há também os que, no intento de sobreviver às paisagens de neve, viajam para lugar nenhum. Em todos, a mesma existência trêmula, o mesmo desassossego que os torna estrangeiros em seu próprio território.
Concisos e incisivos, os contos de A neve ilícita trazem à superfície as coisas escondidas sob a realidade visível, porém sem se furtarem à experiência cotidiana e seus enigmas, sem prescindirem do ilícito que define os invernos de uma vida.

Maria Esther Maciel

Deixe seu comentário e sua avaliação


Características