Código: 416

CLARICE LISPECTOR: DA SOLIDÃO DE NÃO PERTENCER À QUARTA DIMENSÃO

Bookmark and Share

Referência: 978-85-7751-04


Por:
R$ 39,00

ou 3x sem Tarifa de R$ 13,00
 
Simulador de Frete
- Calcular frete

SOU UMA PERGUNTA: A QUARTA DIMENSÃO Este livro é uma refinada contribuição para a análise e interpretação da maior escritora brasileira: Clarice Lispector. É o olhar feminino de Daniela Della Torre que estruturou um diálogo amoroso com a mulher Clarice, sua biografia seletiva e o que ela escreveu conforme perspectiva literária e psicanalítica.

Trata-se de livro surpreendentemente legível, que favorece o encontro e reencontro dos leitores de Clarice com a autora e sua escrita. E, não obstante a variedade dos temas e problemas abordados, nada é simplificado ou facilitado, pois o trabalho converge para a busca do essencial, a busca do que pode esclarecer a complexidade da interligação entre uma vida e a literatura na modernidade brasileira.

Este estudo está dividido em duas partes e uma conclusão: “1 – Tentativa de artesão”, onde predomina o perfil biográfico de Clarice, com notas que interessam à análise; “2 – Da solidão de não pertencer à quarta dimensão”, na qual os instrumentos da Psicanálise – não a freudiana propriamente, mas as elaborações recentes do psicanalista e professor Gilberto Safra – são acionados para articular os grandes temas clariceanos; “Alinhavos do idioma pessoal”, onde se repassam e precisam as questões abordadas e explicitam os conceitos utilizados.

Daniela Della Torre, leitora atenta e astuta de Clarice, reconhece desde logo que está diante da expressão literária (e pessoal, com as devidas mediações) de um “sujeito insolúvel”, ou, na expressão adaptada de Theodor Adorno, de um “sujeito danificado”. Daí enfrenta o fascinante percurso de demonstrar Clarice Lispector em sua singularidade inimitável e em sua humanidade histórica e inclusive mítica. E, ainda, de demonstrar o encontro de ser e escrever, ambos atravessados por uma solidão, que é da própria contingência humana moderna.

E, talvez, solidão ainda mais dolorosa dessa mulher enigma e mistério, que se considerava sobretudo uma pergunta! com um idioma pessoal “no seu gesto, no seu mundo, na sua linguagem”.

Valentim Facioli

Daniela Della Torre é psicóloga, mestre em psicologia clínica pela PUC-SP, vice-coordenadora e professora do Curso de Especialização em Acompanhamento Terapêutico (AAT), membro da Associação de Acompanhamento Terapêutico (AAT) e do Laboratório de Estudos da Transicionalidade (LET). Atualmente desenvolve projeto de doutorado em Fernando Pessoa.

Deixe seu comentário e sua avaliação


Características