Código: 396

MEMÓRIAS POSSÍVEIS Personagens da televisão em Juiz de Fora

Bookmark and Share

Referência: 978-85-7751-06


Por:
R$ 69,00

ou 3x sem Tarifa de R$ 23,00
 
Simulador de Frete
- Calcular frete

O passado revisitado: uma dupla inscrição memorável Transcrever sob a forma de imagens escritas aquilo que brota da fala que relembra um passado, sempre aberto aos idílios que os tempos pretéritos trazem, fazendo emergir o que é muitas vezes qualificado como o maravilhoso tempo de outrora, é uma ação que se institui a partir de uma dupla inscrição memorável. A primeira daqueles que lembram os múltiplos trabalhos de memória do passado como inscrição presente nas suas vidas e por estratégias de lembrança e esquecimento colocam a vida em cena novamente. A segunda é a inscrição memorável do próprio pesquisador, que antepõe o passado ao seu presente mais do que contemporâneo, pois é daí que extrai a matéria prima de sua pesquisa, e, assim produz outra espécie de visita ao passado.

Cabe ao pesquisador fazer falar o passado, instigando aqueles que se colocam no lugar de testemunhas a relembrarem pedaços de tempo que brota agora, no presente, sob a forma de palavras. Essa fala memorável instaura o efeito testemunha: aqueles que falam estiveram presentes na cena dos acontecimentos e é nesta condição de ter estado ali que produzem a nova inscrição do passado.

É sobre esse duplo movimento memorável que o livro de Christina Ferraz Musse e Cristiano José Rodrigues foi produzido. Reproduzindo mais de vinte depoimentos de jornalistas e radialistas que trabalharam nos chamados primórdios da televisão em Juiz de Fora, eles procuram mostrar, instigando o efeito de relembrança em cada um, como eram os veículos de comunicação audiovisuais naqueles tempos longínquos, como esses profissionais transitavam diante de tecnologias ainda desconhecidas de comunicação, como se estabeleceram as suas rotinas produtivas. Enfim, relembram as grandes coberturas, os grandes acontecimentos, a forma como ´contaram´ a cidade e marcaram, pelo ato de contar, um momento que hoje é elevado a categoria de tempo fundador. (Marialva Carlos Barbosa)

Os Autores
Christina Ferraz Musse é jornalista, mestre e doutora em Comunicação e Cultura pela UFRJ. Professora da UFJF no Curso de Jornalismo e no Programa de Pós-Graduação em Comunicação.
Cristiano José Rodrigues é produtor, mestre em Multimeios pela Unicamp e doutorando em Educação pela UFJF. Professor do departamento de Televisão e Rádio da Faculdade de Comunicação da UFJF.

Deixe seu comentário e sua avaliação


Características