Código: 826

Quando falha o controle

Bookmark and Share

Referência: 9788579392962


Por:
R$ 42,00

ou 3x sem Tarifa de R$ 14,00
 
Simulador de Frete
- Calcular frete

Nos últimos trinta anos, gran­de parte dos avanços ex­traordinários em nosso conhe­cimento do passado brasileiro, sobretudo no período escravista, vem de pesquisas nos arquivos judiciários. Duas séries de docu­mentos nesses acervos têm sido especialmente exploradas, po­rém em geral separadamente: os processos-crime e os inventários post-mortem de propriedades para efeitos de herança. Este estu­do de Maíra Chinelatto Alves, en­focando assassinatos de senhores por escravos em Campinas, inova pelo cruzamento dos dois tipos de documento.

 

Aproveitando-se do fato de que cada morte violenta de pes­soa de posses normalmente gera as duas fontes e, portanto duas perspectivas complementares so­bre o mesmo evento – Alves nos oferece sete micro histórias im­pactantes de confrontos entre senhores e cativos. Situadas na década de 1840, quando os traba­lhadores na senzala eram predo­minantemente da África Central, e na de 1870, quando a maioria dos mesmos havia nascido no Brasil, essas histórias retratam dois momentos na construção pelos próprios escravizados de uma ideia de direitos – isto é, de limites à prepotência senhorial que os proprietários não podiam transgredir sem correr grande perigo. Contados com maestria narrativa e vigor analítico, os ca­sos abordados aqui, ao rés do chão, iluminam a história social mais ampla das últimas décadas do escravismo.

 

                                                                                                                                                                                                                                                                                                            Prof. Robert W. Slenes,

         Departamento de História, Unicamp

 

 

Sobre a autora: Maíra Chinelatto Alves é formada em História pela Universidade Estadual de Campinas e obteve em 2010 o grau de mestre em História Social pela Universidade de São Paulo, com a dissertação que ora se publica. Atualmente, desenvolve pesquisa de doutorado pela mesma Universidade de São Paulo sobre comunidades escravas em Campinas na segunda metade do século XIX.

Deixe seu comentário e sua avaliação


Características