Teatro sob fogo cruzado, de Tin Urbinatti

Teatro sob fogo cruzado, de Tin Urbinatti

Marca: Alameda Editorial Modelo: 2022 Referência: 978-65-5966-090-2

  • Medida: Altura: 01cm, Largura: 16cm, Comprimento: 23cm
  • Páginas: 340 páginas
  • Peso: 469 gramas

Por:
R$ 74,00

R$ 70,30 à vista com desconto Pix - Yapay
ou 3x de R$ 25,65 com juros
Simulador de Frete
- Calcular frete

Teatro sob fogo cruzado
De Tin Urbinatti 

Neste livro procuro narrar a trajetória do Grupo de Teatro da Ciências Sociais (GTCS), no período que se inicia em 1972 e se estende até 1979 – data de reconstrução da União Nacional dos Estudantes (UNE) – quando da apresentação do espetáculo A UNE somos nós, nossa força, nossa voz!, em Salvador (BA). Mesclando-se à narrativa sobre a produção do grupo, o leitor encontrará o contexto histórico do período pós-AI-5, com suas conhecidas consequências políticas e sociais: censura, perseguições políticas, exílios, prisões, torturas, mortes.

Da mesma forma, os relatos sobre os vários trabalhos desenvolvidos pelo grupo, em sintonia com esse contexto, revelam ainda processos de preparação técnica e artística desenvolvidos: estudos de estética (as contribuições de Marx, Engels, Brecht, Lucáks, Adorno, Fischer e outros), expressão vocal, improvisação, interpretação a partir do método stanislaviskiano, ou seja, as ferramentas necessárias para o fazer teatral.

Assim, o texto apresenta o processo de preparação das peças e esquetes que foram encenadas, desde o famoso Que fazer?, ou seja, Que peça montar ou escrever?, tão comum aos grupos teatrais, até o enfrentamento da repressão e os sensacionais dribles aplicados pelo movimento estudantil aos órgãos repressivos.

Destaque-se, ainda, que praticamente todos os trabalhos encenados nasceram das preocupações do grupo em questionar e responder aos abusos, às arbitrariedades e às pressões do estado ditatorial brasileiro. Procurava-se fornecer, a partir do trabalho artístico, uma visão crítica que pudesse contribuir para o avanço do movimento estudantil na luta contra a ditadura civil-militar.

 

Sobre o autor: José Alberto Urbinatti, mais conhecido como Tin Urbinatti, exerceu militância política junto ao movimento estudantil da USP. Ator, roteirista e dramaturgo, Tin interpretou na peça teatral Lembrar é Resistir, obra que trata sobre a realidade vivida pelos presos políticos que ficam detidos no Deops/SP na época da ditadura.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Medida: Altura: 01cm, Largura: 16cm, Comprimento: 23cm
  • Páginas: 340 páginas
  • Peso: 469 gramas

Confira os produtos