As conferências Pan-Americanas (1889 a 1928), de Teresa Spyer

As conferências Pan-Americanas (1889 a 1928), de Teresa Spyer

Marca: Alameda Modelo: 2013 Referência: 9788579391712

  • Medida: Altura: 01cm, Largura: 14cm, Comprimento: 21cm
  • Páginas: 266 páginas
  • Peso: 280 gramas

Por:
R$ 68,00

R$ 64,60 à vista com desconto Pix - Vindi
ou 3x de R$ 23,57 com juros Cartão Visa - Vindi
Simulador de Frete
- Calcular frete

As conferências Pan-Americanas (1889 a 1928)
Identidades, união aduaneira e arbitragem

de Tereza Maria Spyer Dulci

Este livro compreende as primeiras conferências Pan-Americanas, entre 1889 e 1928, pavimentaram o terreno para as grandes assembleias diplomáticas do continente nos séculos XX e XXI, instigada pelas questões colocadas pelo Mercosul (1991) e a União das Nações Unidas Americanas – Unasul (2008).

A autora da obra escolheu discutir dois assuntos vigorosamente debatidos nas Conferências: a União Aduaneira e a questão da arbitragem. As duas proposições estavam relacionadas à posição dos Estados Unidos frente aos outros países despontava no cenário internacional como potência extraeuropeia, cuja economia superava a dos países latino-americanos.

Ao contestar o debate entre desiguais, Teresa Spyer recusou interpretações simplificadoras e binárias, que sustentaram determinada historiografia, e inovou ao tratar de problemas complexos, como o das identidades propostas pelos integrantes das Conferências, que atravessam os temas mencionados. Assim, enquanto os norte-americanos defendiam o pan-americanismo, delegados de países como a Argentina propunham uma identidade latino-americana frente aos Estados Unidos.

A pesquisadora mostra que a posição do Brasil era delicada, pois os delegados nem sempre se alinharam aos Estados Unidos, ainda que fossem simpatizantes das propostas norte-americanas, em nome do equilíbrio das relações com os outros países latino-americanos. Como se sabe, Brasil e Argentina, na época, disputavam ardorosamente a hegemonia da América do Sul.

 

Sobre a autora: Tereza Maria Spyer Dulci é graduada, mestre e doutoranda em História pela Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de História, com ênfase em História da América e História das Relações Internacionais. Desenvolve estudos sobre processos de integração regional e política externa dos países latino-americanos. Atualmente é professora da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila).

.........................................

SUMÁRIO:

Prefácio - 7

Introdução - 13

1. As conferências pan-americanas (1889-1928) - 33

2. A questão das identidades - 71
A identidade pan-americana - 74
A identidade latino-americana - 103

3. A união aduaneira - 121
Os EUA e a união aduaneira - 125
Outros projetos de integração - 142

4. A arbitragem - 163

Considerações finais - 189

Fontes - 195

Referências - 201

Agradecimentos - 233

***

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Medida: Altura: 01cm, Largura: 14cm, Comprimento: 21cm
  • Páginas: 266 páginas
  • Peso: 280 gramas

Aproveite também e

Compre Junto

Confira os produtos