PRÉ-VENDA: Do Fascínio ao Fascismo, de Varneci Nascimento (ENVIO A PARTIR DO DIA 16/11/21)

PRÉ-VENDA: Do Fascínio ao Fascismo, de Varneci Nascimento (ENVIO A PARTIR DO DIA 16/11/21)

Marca: Alameda Modelo: 2021 Referência: 978-65-5966-063-6

  • Medida: Altura: 01cm, Largura: 14cm, Comprimento: 21cm
  • Páginas: 182 páginas
  • Peso: 510 gramas

Por:
R$ 48,00

ou 3x de R$ 16,64 com juros
Simulador de Frete
- Calcular frete

Por muito tempo se repetiu que o Cordel nosso veio de Portugal. Com o passar dos anos as pesquisas avançaram, revelando como essa literatura surgiu no Nordeste brasileiro pelas mãos do paraibano Leandro Gomes de Barros considerado o pai desse gênero literário, cuja mãe é a cidade do Recife de onde se espalhou por toda região e depois chegou ao restante do Brasil.
As narrativas cordelísticas sempre se ocuparam com a política. Por esta razão o autor Varneci Nascimento bebendo na tradição, traz agora neste livro Do Fascínio ao fascismo, uma reunião de textos políticos e poéticos explicitando como colocaram o Brasil nas mãos de um fascista.
O autor não poupou os eleitores, pois a classe política é o reflexo do pensamento da sociedade, conservadora e retrograda. Relembra os porões da ditadura no poema Nunca Mais a Ditadura, pois quem viveu ou estudou esse período medonho sabe das perseguições a que os cidadãos foram submetidos na época sombria que ainda carece ser passada a limpo. Sem medo denuncia nos seus versos o presidente que flerta com a ditadura. 
O Historiador bebeu nas águas mais profundas para trazer através dos seus versos a denúncia dos crimes cometidos por este governo eleito na base do Fake News e da mentira deslavada. “É muito triste um país grandioso como o nosso ser governado por um miliciano”.

 

Sobre o autor: Varneci Nascimento é nascido na pequena cidade de Banzaê, no nordeste da Bahia, Varneci Nascimento herdou do pai a facilidade de produzir versos, rimá-los, tratá-los com carinho e sutileza, sobretudo aqueles que comungam à mesa do cordel. Autor de mais de duas centenas de poemas cordelísticos, foi coordenador editorial da Editora Luzeiro, especializada na publicação das clássicas histórias da poesia do povo. Com o sucesso de seus versos, passou também a fazer palestras motivacionais, a oferecer oficinas de fazer poético, além de participar de debates públicos sobre sua arte. Publicou seus livros pelas editoras Panda Books, Nova Alexandria, Luzeiro, além de autopublicações. Entre seus clássicos estão O Massacre de Canudos, A Escrava Isaura (adaptação para o cordel), a obra etnográfica em cordel Peleja de Aloncio com Dezinho. Pela Editora Areia Dourada lançou Para Refletir e Gargalhar, Diálogo de Santa Rosa com Varneci pelo WhatsApp, O Encontro dos diferentes e Entre Lágrimas e sorrisos. Foi contemplado no Prêmio Mais Cultura de
Literatura de Cordel 2010 - Edição Patativa do Assaré, do antigo Ministério da Cultura.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Medida: Altura: 01cm, Largura: 14cm, Comprimento: 21cm
  • Páginas: 182 páginas
  • Peso: 510 gramas

Confira os produtos