Estado de exceção na Argentina e no Brasil, org. de Renato Franco, Miguel Vedda, Antonio A. S. Zuin

Estado de exceção na Argentina e no Brasil, org. de Renato Franco, Miguel Vedda, Antonio A. S. Zuin

Marca: Alameda Modelo: 2021 Referência: 978-65-88875-03-2


Não disponível

Enviar
Avise-me quando estiver disponível

Uma perspectiva a partir da teoria crítica

 

Estado de exceção na Argentina e no Brasil: uma perspectiva a partir da Teoria Crítica resulta da cooperação produtiva entre pesquisadores argentinos e brasileiros. Adotando o prisma metodológico da radical teoria crítica da sociedade – capaz de relacionar aquilo que, por força das coisas, a realidade social tende a separar – os trabalhos aqui reunidos almejam esclarecer questões ou aspectos decisivos da experiência social e política da América Latina, particularmente nos dois países mencionados. Para dizer com mais precisão: almejam identificar no presente os modos de incidência da experiência totalitária verificada no passado recente da região, que ainda hoje se mostra como força atuante, capaz de configurar a experiência social e política tanto da Argentina quanto do Brasil. Nessa perspectiva, o horizonte do livro é o de estabelecer uma crítica radical – com o consequente esclarecimento – das formas de estado de exceção que foram – ou ainda são? - predominantes tanto em um país quanto em outro.


Os organizadores.

 

Jeanne-Marie Gagnebin - Alberto Bonnet - Martín Cortés - Silvia Schwarzböck - Miguel Vedda - Wolfgang Leo Maar - Renato Franco & Débora Cristina de Carvalho - Bruno Pucci - María Belforte - Francisco Garcia Chicote - Luiz Roberto Gomes - Santiago M. Roggerone - Luis Ignacio García - Ari Fernando Maia - Belarmino Cesar Guimarães da Costa - Vânia Gomes Zuin - Antônio Álvaro Soares Zuin

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Confira os produtos