Machado de Assis contista, de Valdiney Valente Lobato de Castro

Machado de Assis contista, de Valdiney Valente Lobato de Castro

Marca: Alameda Editorial Modelo: 2021 Referência: 978-65-86081-93-0

Características


  • Medida: Altura: 01cm, Largura: 16cm, Comprimento: 23cm
  • Páginas: 472 páginas
  • Peso: 400 gramas

De R$ 74,00
Por:
R$ 59,20
Economize  R$ 14,80

ou 3x de R$ 20,52 com juros
Simulador de Frete
- Calcular frete

Dos salões às páginas de jornal 

A importância dos romances de Machado de Assis para a história da literatura brasileira eclipsa, muitas vezes, a composição de seus contos. A produção dessas narrativas breves, no entanto, estende-se por toda a sua carreira literária, desde a década de 1850, quando começa a publicar nos jornais até o seu falecimento, no início do século XX. Essa intensa dedicação de Machado ao conto é reconhecida por muitos críticos que não só destacam o autor como um dos introdutores desse gênero no Brasil, como também afirmam que foi a produção dessas narrativas que fez o escritor carioca esmerilhar sua composição na prosa de ficção. Apesar dessa relevância, muitas das histórias lançadas em jornais e não recolhidas pelo autor para compor as antologias repousam nas páginas avulsas dos periódicos oitocentistas, ignoradas pelo grande público que conhece apenas um número limitado dessas narrativas. A pesquisa nas fontes primárias como jornais, cartas, contratos e primeiras edições revela a recepção dos contos machadianos à época em que saíram nos jornais e que foram coligidos pelo escritor, desnudando os (im)pactos do mundo beletrista do século XIX, ao mesmo tempo em que demostra como os contos de Machado de Assis vão, paulatinamente, sendo consagrados nos jornais e pelos jornais.

Sobre o autor: Valdiney Valente Lobato de Castro possui mestrado e doutorado em Estudos Literários (ambos pela Universidade Federal do Pará) com pesquisas sobre a circulação do texto literário por meio dos impressos na segunda metade do século XIX. Atualmente, desenvolve estudos sobre a produção e a recepção da obra de Machado de Assis em periódicos oitocentistas. Bolsista do Programa Pesquisa Produtividade da ESTÁCIO AMAPÁ.

 

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características


  • Medida: Altura: 01cm, Largura: 16cm, Comprimento: 23cm
  • Páginas: 472 páginas
  • Peso: 400 gramas

Confira os produtos