Curso online de Introdução à Escrita Ficcional com Paloma Franca Amorim

Curso online de Introdução à Escrita Ficcional com Paloma Franca Amorim

Marca: Alameda Modelo: 2021


Preço sob Consulta

Efetue Cotação
Não disponível

Enviar
Avise-me quando estiver disponível

O curso online é composto por 04 aulas que serão ministradas nos dias 23 e 30 de março e 06 e 13 de abril. As aulas serão transmitidas pelo Google Meet e tem duração de 1h, entre às 19h e 20h. 

Nesse curso, as/os alunas/os farão uma análise sobre materiais ficcionais e ensaísticos que comentam as formas e métodos de escrita na literatura contemporânea.

AULA I

Introdução ao pensamento ficcional - dos diários aos livros - relação entre materialidades particulares que convêm à defesa e partilha pública. A falsa polêmica a respeito do particular versus o universal.

Referências: "Quarto de Despejo - Diário de Uma Favelada" de Carolina Maria de Jesus e "O Pai da Menina Morta" de Thiago Ferro - livros que apresentam o método como um produto estético de tensionamento social e subjetivo.

 

AULA II

A narrativa ficcional política em tempos de fake news: o caso "O Homem que Amava os Cachorros" de Leonardo Padura e apresentação do método de escrita do romance "8ito" de Paloma Franca Amorim.

 

AULA III

A Economia da Tragédia: um debate-experimento sobre os limites éticos da ficcionalização e mercantilização estética do cotidiano em crise. A literatura como linguagem de distanciamento e produção crítica do mundo.  

 

AULA IV

Redes sociais - ficção e informação: As plataformas contemporâneas e o que essas novas modalidades sugerem à forma e ao desenvolvimento do conteúdo textual.   

Sobre a professora: Paloma Franca Amorim nasceu em Belém do Pará em 1987. Mudou-se aos 18 anos para a cidade de São Paulo onde vive desde então. Além de escritora, é professora de teatro formada pela Universidade de São Paulo, ilustradora e integrante de alguns núcleos artísticos como a roda de samba de mulheres Sambadas, onde canta e toca clarinete, o grupo de teatro e cultura feminista Coletiva Vulva da Vovó e o coletivo de mulheres amazônicas Vacas Profanas, sediado na região norte do país. É colunista do jornal O Liberal.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Confira os produtos