A história (des)contínua, de Gabriel Sampaio Souza Lima Rezende

A história (des)contínua, de Gabriel Sampaio Souza Lima Rezende

Marca: Alameda Modelo: 2021 Referência: 978-65-5966-022-3

  • Páginas: 416 páginas
  • Medida: Altura: 01cm, Largura: 16cm, Comprimento: 23cm
  • Peso: 400 gramas

Por:
R$ 74,00

ou 3x de R$ 25,65 com juros
Simulador de Frete
- Calcular frete

Jacob do Bandolim e a tradição do choro

A música popular é, provavelmente, a expressão artística mais potente desenvolvida em solo brasileiro. Com uma relação visceral com a realidade histórico-social nos momentos-chave da formação do país, essa música se constituiu como um lugar de reflexão crítica sobre as tentativas de nos consolidar como uma nação moderna. Vai daí um necessário e polêmico questionamento: como a sua história vem sendo contada? Será que certos conhecimentos consagrados não são, de fato, esquemas narrativos que podem ocultar rupturas importantes que, uma vez reveladas, trazem a necessidade de reinterpretação da própria história?

Com o foco dirigido ao choro e, sobretudo, a Pixinguinha e Jacob do Bandolim, figuras de maior destaque em sua história, Gabriel Rezende refaz o itinerário construído pela historiografia desse gênero da música popular brasileira para dar voz a tudo aquilo que ela silenciou. Vamos ouvi-lo?

“Afirmar que este livro reconfigura a compreensão da história da música popular urbana brasileira do século XX pode parecer um exagero, mas não é exagero algum afirmar que ele coloca essa história em xeque, tal como estamos acostumados a compreendê-la”, afirma Leopoldo Waizbort, professor titular do curso de Sociologia da USP. Para José Roberto Zan, professor titular do curso de Música da Unicamp, A história (des)contínua - Jacob do Bandolim e a tradição do choro é um dos mais importantes livros sobre música popular brasileira publicados nos últimos anos: “Resultado de uma pesquisa em que o autor mobilizou um amplo acervo documental e o submeteu a análises muito bem fundamentadas do ponto de vista teórico e metodológico, esta obra traz contribuições essenciais para o aprofundamento do debate em torno dessa temática e representa um reforço importante para a consolidação dessa linha de investigação no âmbito acadêmico”.
 

Sobre o autor: Gabriel S. S. Lima Rezende, professor efetivo do curso de Música da Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA), é graduado em Música (2004), Mestre em Sociologia (2010) e Doutor em Música (2014) pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). É membro do programa de Pós-Graduação Multidisciplinar em Culturas e Identidades Brasileiras do IEB-USP, do Seminario de Música en la Nueva España y el México Independiente (UNAM) e do Centro de Estudos de Sociologia e Estética Musical da Universidade Nova de Lisboa. Publica, orienta e leciona na área de música, com ênfase em sociologia da música e música popular.

 

 

Também disponível em formatos digitais:

Amazon

Kobo

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
  • Páginas: 416 páginas
  • Medida: Altura: 01cm, Largura: 16cm, Comprimento: 23cm
  • Peso: 400 gramas

Confira os produtos